Arquivo da categoria: Meus pensamentos

21 de Abril – Aniversário de Brasília

Padrão

Feliz Aniversário Brasília!!!

Brasília que eu amo, onde cresci, onde brinquei, onde participei da tradicional Colônia de Férias (organizada pelas escolas públicas) por vários anos, onde a gente cantava o hino da cidade todos os dias.

Brasília da Festa dos Estados, onde quem veio para cá de outros estados tinha a oportunidade de matar um pouquinho a saudade de suas origens.

Brasília com seu parque enorme, onde tem o foguetinho, onde tinha a piscina de ondas.

Brasília do clube Água Mineral, de piscinas de águas naturais e beleza infinita.

Brasília de um céu azul intenso, que às vezes no por-do-sol se torna roxo, laranja, nos proporcionando um festival de cores radiantes…

Brasília da época seca, onde colocamos um balde de água perto da cama, ou uma toalha molhada na cabeceira.

Brasília que tinha o Cine Atlântida, o maior cinema que já existiu por aqui.

Brasília de traços lindos, perfeitos, onde levamos com orgulho os parentes que vem nos visitar, fazendo o percurso Catetinho-Catedral-Congresso-Palácio da Alvorada-Torre de TV.

Brasília de arquitetura sem igual, que preserva o verde junto ao concreto.

Sempre cantarei o meu amor incondicional a este lugar!

Parabéns Brasilia!!!!

* Glauce Cristina *

HINO DE BRASÍLIA

Em meio à terra virgem desbravada
na mais esplendorosa alvorada
feliz como um sorriso de criança
um sonho transformou-se em realidade
surgiu a mais fantástica cidade
“Brasília, capital da esperança”

Desperta o gigante brasileiro
desperta e proclama ao mundo inteiro
num brado de orgulho e confiança:
nasceu a linda Brasília
a “capital da esperança”

A fibra dos heróicos bandeirantes
persiste nos humildes e gigantes
que provam com ardor sua pujança,
nesta obra de arrojo que é Brasília.
Nós temos a oitava maravilha
“Brasília, capital da esperança.”

Desperta o gigante brasileiro
desperta e proclama ao mundo inteiro
num brado de orgulho e confiança:
nasceu a linda Brasília
a “capital da esperança”.

Alma Inquieta

Padrão

  A minha alma é inquieta.

  Eu encontro a paz fazendo mil coisas.

  Quero ver e sentir todas as cores, sabores e amores.

  Meu ritmo é acelerado, mas em alguns momentos eu me canso.

  É quando eu paro, respiro fundo, agradeço e peço a Deus mais energia.

  Aí eu tomo fôlego, e meu mundo começa a girar novamente.

Glauce Cristina

Consciência e Gentileza

Padrão

“Mais do que máquinas, precisamos de humanidade.
Mais do que inteligência, precisamos de afeição e doçura.
Sem essas virtudes, o mundo será de violência, e tudo será perdido.”
(Charles Chaplin)

Apesar de ter mais de 80 anos, esta mensagem nunca foi tão atual.

Muitos jovens estão crescendo sem valores. Não explicam para eles a importância da educação, da gentileza, da solidariedade.

Hoje os jovens têm mais acesso à informação, mas estão carentes de afeto e orientação.
Têm mais dinheiro, mas quase não se abraçam.
Não dão “Bom dia” para o vizinho. E se isolam cada vez mais em seus mundos virtuais.

Devemos explicar a eles o valor da educação, não como algo obrigatório, mas como meio de se tornar uma pessoa melhor.
Estimular o gosto pela leitura, pelas artes e esportes.
Convidá-los a participar de comunidades “não-virtuais” também.

Assim, teremos mais pessoas conscientes, gentis e amorosas. Que não só respeitarão o próximo, como a natureza e o planeta

Glauce Cristina